Wednesday, April 2, 2008

Adeus minha linda

Hoje perdi uma fiel amiga. Uma amiga que me dedicava um amor incondicional, um carinho sem limites e uma dedicação inimaginável em qualquer ser humano.
A minha casa não mais será a mesma. Agora mesmo enquanto escrevo de portátil no colo te sinto a falta. Deverias andar por aqui enroscando-te nas minhas pernas procurando captar-me a atenção.
A vida é muito frágil, demasiado frágil, obrigada por teres passado pela minha.
Descansa em paz.

8 comments:

Fatima said...

Lamento a perda.
Quando nos dedicamos a um quatro patas, ele passa inevitávelmente e ser mais um membro da família, e doi perdê-los.
Estou convicta de que ele está bem, mesmo sem a sua campainha......

Gi said...

Oh Trim, Trim, os meus pêsames ... sei bem o que isso é;)

Su said...

Beijo

:(

Hydrargirum said...

Oh....vim do meu interregno e deparo-me com notícias tão tristes...

Sei bem o que é...percebo-te TANTO....

Um beijinho de grande ânimo!!!

M said...

Lamento a perda...

Beijinho e muita força!!

Rui said...

RIP

Campainha said...

Obrigada a todos!
Beijinhos

Patti said...

Dlim, Dlão....

Vim retribuir a visita, pena que por um motivo tão triste, que como já viste passei pelo mesmo.

É complicado e o próprio comportamento natural dos gatos não ajuda a esquecê-los mais rápido.

Isto é, a maneira dissimulada como eles se movem, como passam por nós como se fossem sombras, a forma de sentirmos a presença deles, mesmo quando não estão à vista, torna tudo muito mais difícil na hora de fazer o luto.

Como eu referi (a minha morreu faz agora dois anos)continuo a apanhar pelos do sofá e a ver a sombra dela a passar.

Nunca mais consegui ter outra gata, mas quem os tem diz-me sempre que é aí que está a cura.

Experimenta e depois toca lá no prédio e conta-me.